Menu

The Life of Cotton 335

damageshow3's blog

FAQ Sobre o assunto Doutorado Em Trento

IBE-FGV De Campinas Recebe Discussão A respeito de Gestão Baseada Em Valor E Avaliação De Ativos


Flávia Gasi (32) é famosa por fazer reportagens, vídeos e coberturas de inúmeros assuntos que envolvem os videogames. Prontamente a jornalista investe na sua carreira acadêmica. Flávia lançou no mês de outubro o livro “Videogames e Mitologia: A Poética do Imaginário e dos Mitos Gregos nos Jogos Eletrônicos”, pela Marsupial Editora. Pra conversar dados de sua procura, feita na PUC-SP, a coluna Formação Gamer conversou com a especialista, que começou a se interessar por jogos digitais somente por curiosidade. “Meu primeiro console foi um Atari, todavia a gente chegou a comprar o Pong depois.


Os jogos que marcaram a minha existência foram Dragon Warrior a Silent Hill, contudo posso expressar que este ano estou apaixonada pela Ellie, de The Last of Us. Também sou fã do Trevor de GTA V e do Quais As Melhores Aplicações Pra Investir R$ 10 1000? , explicou a gamer, a respeito seus gostos pessoais. A vontade de apreciar jogos se estendeu até a escola.


“Virei jornalista enchendo a paciência do Pablo Miyazawa e do Ronny Marinoto, que me aceitaram. Como Fazer Uma Legal Redação Pra Concurso Público: Passo A Passo Completo! me ajudou a refinar a escrita e assimilar os jogos como uma obra passível de estudo e de análise. Pela data em que comecei a escrever, eu cursava Psicologia. Oração Pra Atravessar Em Concurso Público O Mais rápido Possível , eu sai daquela graduação e passei a cursar Jornalismo”, citou Flávia, sobre isto seu procedimento de entrada pela imprensa. Desenvolvida na Pontifícia Faculdade Católica de São Paulo (PUC-SP) em 2006, Flávia Gasi atuou só no mercado por por volta de dez anos.


  • Quer fazer Biomedicina a distância? Veja o que você deve saber
  • 2º Analista de Marketing Digital zoom_out_map
  • EDINGER, Edward F. Ego e Arquétipo, SP, Cultrix, 1989
  • 9 Bolsas e Descontos
  • cinco A in-situação humana

Após comprar muita experiência em reportagens, tua carreira sofreu uma mudança após resolver cursar a pós-graduação. “A academia é consequência da minha vida profissional, não ao contrário. Pra Flávia o passo fundamental pra desenvolver uma pesquisa no ramo de videogames é fazer questões. “Pra mim, essa confluência de mitologia e videogame sempre existiu, e a toda a hora houve desejo minha de comentar acerca do assunto. Jogos e mitologias foram focos de uma das minhas primeiras reportagens como jornalista especializada em games. História Da Filosofia: Antiga, Medieval, Moderna E Contemporânea lá com finalidade de cá, acho que só fiquei com mais dúvidas e ainda mais curiosa”, completou.



“Incentivos e pesquisas, tal de mercado quanto acadêmicas, ajudam, sim, a formar um mercado brasileiro mais sólido. O que falta é captar o videogame como um objeto cultural e, a partir daí, criar políticas públicas pra fomentação de nossa indústria”, explica Flávia, explicitando uma conexão entre teu serviço como pesquisadora e o assunto no Brasil. A escritora assim como revelou que, recentemente, tem uma nova profissão: “Recentemente, eu passei a roteirizar jogos, em razão de meu irmão é desenvolvedor pela área há quase uma década. O mercado brasileiro é criativo, está em desenvolvimento, e conta com ótimos desenvolvedores. Quanto ao consumo, basta investigar as últimas pesquisas realizadas pelos institutos pra perceber que há uma transformação no tocante à pirataria.


Acredito que essa é umas das razões de organizações multinacionais contarem com escritórios no Brasil”. Flávia, todavia, é realista a respeito da atual grandeza do mercado nacional. “Imaginar que passaremos a elaborar jogos 'triplo A' para consoles como Xbox One ou PS4 é ponderar numa realidade um pouco longínqua ainda. Não temos nem investimento nem sequer a capacitação suficientes pra esse mercado.


Go Back

Comment

Blog Search

Comments

There are currently no blog comments.